Por que as pessoas caem em adultério

Momento vulneráveis. Fadiga, uma agenda de viagens lotada, um momento de grande transição na vida, uma experiência que se segue a um momento de grande empolgação – todos esses são momentos que colocam a pessoa em situação de risco.

Luxúria não detectada – As fantasias das mulheres são diferentes das dos homens. Quando uma mulher falha em reconhecer sua própria luxúria e desejos sensuais, ela se torna uma presa fácil para um caso extra-conjugal. Enquanto a luta dos homens é contra os desejos lascivos por um corpo feminino, uma mulher pode desejar não apenas um corpo, mas o todo masculino: sua gentileza, seu cuidado, suas palavras de compreensão, sua atração a ela – toda sua personalidade.

Os desejos das mulheres se concentram em um homem em particular, um relacionamento especial. E as fantasias entram num terreno perigoso quando uma mulher começa a sonhar com o esposo de outra pessoa – ou quando ela deseja tanto um homem que decide fazer qualquer coisa por ele. Quando o homem dos seus sonhos começa a ir atrás dela, ela está em grandes apuros.

Diminuição do respeito – Um sinal de perigo é tão sutil que facilmente pode passar despercebido por um cônjuge – a perda de respeito pelo marido ou pela esposa. Quando uma ou mais das necessidades básicas não são preenchidas, e você não vê esperança de mudança, aparece a desilusão. Você pensa: “Não é justo! Eu não posso continuar vivendo assim. Que cara idiota! A negligência de um marido pode contribuiir para a infidelidade da esposa, se ela esquecer da admoestação das Escrituras: “a esposa, respeite a seu marido” (Ef. 5:33). Uma ordem similar é incorporada nessa lembrança todo abrangente: “Maridos, amai vossa mulher” (Ef. 5:25).

Quando o desrespeito começa a tomar conta, o cônjuge perceptivo vai começar a agir. Você pode se lembrar de sempre respeitar a pessoa, mesmo que não respeite a atitude dela. No altar do casamento, marido e esposa aceitaram o voto matrimonial, “até que a morte os separasse”. Logo, não importa quão ruim seja a situação, você é responsável diante de Deus em cumprir esse voto. Algumas situações abusivas podem necessitar de uma separação temporária, mas nada justifica o adultério.

O amor perdido – Até mesmo os melhores casamentos passam por situações difíceis e ciclos de alegria e desilusão. Mas, quando cessa a conversa carinhosa e o ato sexual, as necessidades não preenchidas deixam o casal vulnerável para um caso extra-conjugal.

Quando isso acontece, qualquer um dos cônjuges pode ser um meio de salvar o casamento. A questão importante é: “O que posso fazer para melhorar nosso casamento?”

Os homens e mulheres funcionam de maneira diferente. A maioria das esposas se sente mais preparada para o ato sexual depois de uma conversa carinhosa e afetiva com seus maridos. Os homens são diferentes! A maioria dos maridos vai conversar mais calorosa e livremente com suas esposas depois do ato sexual.

Aqui é onde entra o amor altruísta no casamento. O marido sábio vai dar mais de si mesmo para usa esposa na conversa carinhosa, sem sugerir sexo, e vai ficar paciente sobre a questão o intercurso sexual. Por mais difícil quanto possa parecer, uma esposa motivada pelo amor altruísta pode dar sexo primeiro, e buscar a conversa carinhosa depois.

Fique atento às luzes amarelas

Um relacionamento de adultério não “acontece” simplesmente. O relacionamento passa por estágios previsíveis. O primeiro estágio leva ao segundo, que por sua vez produz o terceiro. A mente humana tem grande capacidade de racionalizar as ações questionáveis, e alguns cristãos falham e perceber o que está acontecendo até que o perido do adultério é intenso. Pense nesses alertas como luzes amarelas piscando, para avisarem do perigo.

Fique atento à satisfação emocional fora do casamento e que não está ocorrendo dentro dele. Uma traição emocional precede uma traição física. O primeiro passo na direção do adultério é descobrir um prazer especial com alguém do sexo oposto e que não é o seu cônjuge. Durante este “estágio de conversação”, tudo parece inocente e divertido – até que a amizade começa a ser mais recompensadora que o próprio casamento.

Quando uma fagulha emocional é iniciada entre um homem e uma mulher, ele pode levar ao fogo da paixão. Franqueza e honestidade para com seu cônjuge frequentemente é a melhor maneira de jogar água fria na quentura dos sentimentos; caso contrário, a falta de desejo de conversar sobre a situação é enganoso, e até desonesto. Adote isso como um princípio: engano e desonestidade sempre precendem o adultério – sempre.

Confira duas vezes o seu sentimento se você se pegar esperando mais um abraço. O segundo passo na direção do adultério encontra-se no estágio do toque. Alguns abraços simplesmente transmitem uma amizade saudável e afeto cristão. Contudo, quando aquela pessoa começa a deleitar a outra emocionalmente no estado da conversação, fique de olho. A eletricidade da sensualidade súbita aparece facilmente pelo toque. O romance e a erotização são a resposta para o conforto e o deleite íntimo.

Fique atento para amizades que se tornam muito íntimas. O terceiro passo na direção de um caso de adultério é a amizade entre homem e mulher que entrar no estágio da possessão. Com uma conversa suave, deleite emocional, abraços calorosos e sinais românticos, um casal começa a acreditar que eles pertencem um ao outro. Eles vivem num mundo de fantasia por acreditarem que encontraram na outra pessoa quase tudo o que precisam e desejam. Sua amizade parece tão especial que eles encontram tempo onde não havia nada, a fim de passarem juntos. Presentes, ligações telefônicas, anotações, almoços, jantares – todos comunicam que esse relacionamento se tornou possessivo. O casal faz uso de desculpas e mentiras para encobrir seus contatos. Ainda assim, por não estarem dormindo juntos, eles tentam se convencer de que não estão em adultério. Mas, a confissão precisa ir até onde vai o pecado.

Um Casamento à Prova de Casos Extra-Conjugais

Será que podemos tornar nosso casamento à prova de casos extra-conjugais? Apenas quando nos colocamos em alegre obediência a Deus, equilibrando graça e disciplina em nossas vidas, podemos construir um comprometimento para toda a vida.

Graça é reconhecer o que Deus tem feito por nós, através de Cristo; disciplina é nossa resposta. Deus derrama sobre nós a Sua graça; somos nós que devemos nos apegar firmemente a Ele.

REFERÊNCIA: MYLANDER, Charles E. RUNNING THE YELLOW LIGHTS, Partnership Magazine.

 

cheap nfl jerseys china cheap nfl jerseys free shipping wholesale nfl jerseys china wholesale jerseys from china cheap nfl jerseys free shipping cheap nfl jerseys for sale cheap jerseys free shipping wholesale nfl jerseys from china cheap nfl jerseys sale cheap nike nfl jerseys china wholesale jerseys free shipping cheap nfl jerseys wholesale wholesale nfl jerseys online cheap nfl jerseys wholesale china jerseys wholesale cheap coach handbags outlet authentic designer handbags cheap coach handbags outlet cheap coach purses outlet discount coach bags coach bags sale coach purse outlet cheap real coach purses coach handbags sale online coach purse outlet michael kors outlet online store cheap michael kors bags cheap michael kors purse michael kors factory outlet online cheap michael kors handbags cheap michael kors purses michael kors bags outlet online cheap michael kors purse michael kors handbags discount cheap michael kors purse michael kors handbags discount